Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram

Como Fazer Tráfego Pago

Separamos em um breve artigos todas as formas possíveis de como fazer tráfego pago para o seu negócio utilizando as redes sociais. Afinal, em tempos de crise, o mercado todo está correndo para os canais digitais e, por outro lado, empresas como Facebook e Google estão limitando ainda mais a forma de fazer.

Enfim, é o momento de ler, entender e tirar alguma dúvida aqui conosco, caso precise.

O Marketing Digital

Bom, primeiramente você precisa entender que o marketing digital é um mundo bem grande e complexo. Dito isso, fica mais claro o fato que você precisa, antes de mais nada, de um posicionamento e não importa se você tem um serviço, um produto ou mesmo uma banda, que seja. Lembre-se: não tem marketing digital, tráfego, nada! Sem posicionamento.

Ok, vamos lá, como você pode ver na imagem ao lado, o Tráfego é apenas uma pequena parte do marketing digital e até mesmo se você é alguém que presta ou pretende prestar serviços de marketing digital, saiba: você vai precisar fazer escolhas, pois ninguém consegue fazer tudo isso com a mesma qualidade que faz 2 ou 3. E olha que nessa imagem não tem nem metade das possibilidades.

Neste artigo, vamos falar somente dele e mais nada.

funil de tráfego com anúncios
Funil de Conversão do Marketing Digital

Então, Como Fazer Tráfego Pago?

Eu sei, à primeira vista parece um absurdo ler isso, mas as redes sociais não são de graça! “Ué, mas eu nunca paguei nada“, você pode dizer, mas a verdade é que para gerar uma audiência suficiente para manter seus negócios online, você precisará atingir um público muito maior do que os que lhe seguem, ainda que você tenha milhões de seguidores.

Mas então como pagar para anunciar?

porcentagem do alcance orgânico nas redes sociais
Gráfico de Alcance Orgânico

Nos últimos 10 anos, o alcance orgânico, ou seja, aquele que você conquista ao postar no seu feed sem anunciar, reduziu mais que a metade. Estima-se que um perfil comercial consegue no máximo de 1% a 3% de entrega do seu conteúdo a quem lhe segue.

Simultaneamente, crescem o números de marcas e empresas que entram no mercado digital, logo cresce uma necessidade: ANÚNCIOS.

Assim fica mais fácil você entender que tráfego pago e anúncios, são a mesma coisa. Por isso, tudo que você vê nas redes sociais, seja no feed, nos stories, mesmo no messenger do Facebook, entre as conversas ou no explorar do Instagram, com a terminologia “AD” ou “Patrocinado” são anúncios.

Dessa forma, a marca, empresa ou mesmo perfil pessoas que paga ao Facebook, consegue exibir seus anúncios para públicos previamente estabelecidos e escolhidos por quem está configurando a campanha de anúncios.

como fazer tráfego pago com facebook ads

Fazendo Anúncios

Mas afinal, como fazer estes anúncios?

Primeiro você precisa entender que há duas formas de fazer tráfego pago. Uma é simplesmente clicando no botão “PROMOVER” ou “IMPULSIONAR” que sempre aparacem abaixo ou próximo das suas postagens, talvez você já deve ter visto.

Porém, é extremamente NÃO RECOMENDÁVEL fazer desta forma. Logo depois de clicar neste botão você será direcionado passo a passo pelo próprio Facebook, porém a ferramenta não te permite fazer alguns ajustes necessários que são muito importantes. Falaremos disso mais a frente, mas de antemão digo: use o Gerenciador de Anúncios.

Ele te permitirá uma vasta segmentação de público, além da condição de testar vários criativos diferentes, posicionamentos personalizados, análise de conversão e muito mais.

Gerenciador de Anúncios do Facebook

É importante que você entenda que uma campanha de tráfego pago no Facebook se faz em 3 níveis:

  • Nível de Campanha.
  • Nível de Conjunto de Anúncios.
  • Nível de Anúncios.
No primeiro, você escolhe entre 11 objetivos de negócios, que podem variar de tráfego para alguma página ou site, até visualização de algum conteúdo específico, mas o objetivo mais comum são as conversões (vendas, cadastros, etc.).
Juntamente com a segmentação de público, que fica no nível do conjunto de anúncios e a construção do anúncio em si, que fica no nível de anúncios, você terá as etapas mais importantes do uso do gerenciador de anúncios do facebook.
 
Enfim, para se aprofundar ainda mais no tema, eu recomendaria fortemente o Curso RocketAds do especialista em tráfego e SEO Felipe Cardozo, pois além de como criar anúncios do jeito certo, ele ensina também: web design, google ads (ferramenta de anúncios do Google), Instagram para Negócios e muito mais nesse curso.

Conclusão

Posteriormente falaremos mais sobre o tema aqui no blog, mas por fim, concluímos com uma comparação entre as diferenças de como fazer tráfego pago usando o botão de promover e usando o gerenciador de anúncios, como prometemos antes.

Botão “Promover”

  1. Permite uma segmentação geral.
  2. Só permite um anúncio por campanha.
  3. Impossibilidade de anunciar postagens que não estão no feed.
  4. Não deixa testar várias opções de anúncios e públicos.
  5. Impossível personalizar posicionamentos do seu anúncios, por exemplo: criativo diferente para stories e feed.

Gerenciador de Anúncios

  1. Segmentação detalhada, inclusive com públicos personalizados. Por exemplo: visitantes do seu site.
  2. Pode fazer vários anúncios diferentes na mesma campanha para entender qual é o melhor (teste A/B).
  3. Você pode construir “dark posts”, ou seja, postagens que não estão no feed.
  4. Criação de vários conjuntos de anúncios diferentes em uma só campanha.
  5. É possível personalizar os posicionamentos, apresentando um criativo de acordo com o tamanho e estratégia de cada posicionamento.

Ficou com dúvidas sobre o artigo ou quer sugerir algum tema novo?