Como criar conteúdo para Igrejas no Instagram

Como criar conteúdo para igrejas no Instagram? Essa é uma pergunta que nos chega muito pelo próprio Instagram e Se você está conhecendo agora os nossos conteúdos, já deve ter percebido: falamos muito sobre design e comunicação para igrejas, não?

Pois bem, ao longo da nossa jornada em quase 15 anos, fizemos diversos projetos para o meio gospel e nesse breve artigo vamos passar algumas dicas de como criar conteúdo para este meio.

Como ter ideias de conteúdo para igrejas?

Primeiramente, não existe uma diferença muito grande na hora de ter as ideias de como criar conteúdo para igrejas e outros meios. O processo de ideação é praticamente o mesmo que para outros meios, porém o que muda é a execução, as palavras usadas e sobretudo o “tom de voz”.

Assim como em outros meios e mercados, indicamos fortemente o uso de algumas ferramentas para entender o comportamento do público cristão. Logo, vamos dar aqui 3 dicas de ferramenta legais para criar conteúdo para igrejas.

  1. Google Trends: A ferramenta do Google para descobrir o que mais tem sido buscado no seu site e assuntos relacionados à estas buscas.
  2. Answer The Public: Faz basicamente a mesma coisa que o Google Trends, porém organiza em preposições, ou seja, você digita um tema e ele diz quais perguntas os usuários estão fazendo, seguindo as preposições “como”, “qual”, “por que” e “onde”.
  3. Stories: Por fim, uma dica interessante pode ser usar enquetes e perguntas nos stories do Instagram para descobrir o que a sua própria audiência pensa ou deseja.

Além disso, você deve entender o comportamento do usuário do Instagram. Por exemplo, para divulgações, as pessoas engajam mais com uma imagem impactante, com bom título e informações objetivas. Já para um conteúdo mais técnico ou educacional é relevante que você organize o máximo na sua imagem. Enfim, vale a pena estudar mais sobre a ferramenta.

Onde fazer um banner criativo?

Veja que a pergunta aqui é: onde fazer um banner criativo? Não necessariamente “como” fazer. Contudo se você quiser saber o “como”, nós preparamos uma série de 4 aulas 100% online e gratuitas, onde ensinamos as técnicas ideais para isso. Trata-se da Semana do Design para Quem não é Designer e você pode se inscrever clicando aqui.

Porém, voltando ao “onde”, a nossa sugestão é que você se aprofunde em ferramentas de design e a mais recomendada, sem dúvidas é o Adobe Photoshop. Nesse sentido, preparamos um artigo anterior sobre o assunto, acesse aqui.

Uma outra opção, também seriam as ferramentas de design gratuitas, como o Canva e o Adobe Spark, mas que não atingem o nível profissional do Photoshop ainda, mas podem ser muito úteis para conteúdos rápidos ou se você não tem recursos para contratar as ferramentas profissionais.

O Canva, por exemplo, utiliza formatos já prontos e a possibilidade de realizar uploads do seu logotipo, fotos e até fazer alguns efeitos bem interessantes, como transparências, sobreposições, ajustes de cores. Além disso, também é possível usar elementos próprios do site, backgrounds e tudo mais. Nós também falamos dele na Semana do Design.

Quais os elementos de um banner criativo?

Imediatamente após gerar a ideia e pensar no banner, fica a pergunta: quais os elementos de um banner criativo?

Bom, primeiramente é importante se preocupar justamente com a ideia e a criatividade. Desde já fazemos questão de dizer que criatividade se aprende sim! Uma das formas de se tornar criativo é consumindo “repertório” e você pode fazer isso muito bem, acessando e tentando replicar coisas já feitas em sites como Behance e Pinterest.

Acreditamos que nada se cria, tudo se transforma, o que é bem diferente de copiar. Na tentativa de replicar para treinar, é possível ter muitas ideias que acabam criando coisas novas.

Do mesmo modo, podemos falar sobre a imagem. Ela precisa ter um conceito que se comunique com o seu tema e você pode achá-la até mesmo que um banco de imagens gratuito, nossa indicação é o Unplash. Bem como o título do seu post, que precisa atrair a atenção e resumir perfeitamente o que você quer dizer, e, além disso, ser realmente citado na legenda, não sendo somente um texto “solto” e sem conexão com o texto.

Quer saber outros dois elementos muito importantes na construção de um banner criativo para igrejas? Baixe agora o nosso E-book.

Conclusão

Acima de tudo é importante que você se conecte com o seu público alvo e entenda quais são os problemas que ele enfrenta, sobretudo quando falamos de pessoas. Da mesma forma, é necessário que você tenha claro o objetivo da sua comunicação, ou seja, é um conteúdo de divulgação, apoio emocional ou técnico (teológico, por exemplo)? Todos esses são passos importantes nessa jornada como criar conteúdo para igrejas no Instagram.

Tem dúvidas ou sugestões de mais conteúdos para o meio cristão? Mande-nos a sua mensagem.