Hotmart: 5 formas de vender muito como afiliado

Finalmente, neste artigo, vamos desvendar as 5 formas de vender muito como afiliado na Hotmart! Está pronto? Vamos lá!

Antes de mais nada, acho válido dizermos que o mercado de afiliados não é algo tão fácil de se conquistar o sucesso como muito dizem. Inicialmente relutamos muito para começar a falar das nossas estratégias, afinal queríamos adquirir experiência para poder falar com mais autoridade.

O que é a Hotmart?

Bem, caso você tenha caído de para quedas aqui, acho importante explicarmos o que é a Hotmart, ok? A Hotmart é a maior plataforma de produtos digitais, ou info produtos, da América Latina. É o lugar onde compradores (interessados em adquirir algum conhecimento ou ferramenta digital) e produtores (quem produz estas soluções através dos info produtos), se encontram.

o que é a hotmart

Ao mesmo tempo, existe um terceiro “ator” neste mercado, o Afiliado. Uma espécie de vendedor online, dedicado a divulgar info produtos de outros produtores, em troca de altas taxas de comissão que podem chegar até a 80% do valor de um produto digital.

Logo, é justamente sobre as estratégias para vender mais como afiliado que trataremos aqui, pois uma pergunta sempre ecoa logo após alguém começar no mercado de afiliados: “E agora? Como faço para vender?”

Como vender mais como afiliado? 

Assim como falamos anteriormente, essa é a pergunta que permeia a cabeça de quem acaba de começar no mercado de info produtos: Como vender mais como afiliado? Afinal, são muitos os estímulos por aí, como: afiliados que vendem milhões em reais por ano, premiações de top afiliados, afiliados que vendem muito sem investir e tudo mais.

Por isso, preparamos aqui as 5 formas de vender muito como afiliado. Calma, não são as únicas, porém são as 4 formas que mais vimos retorno após mais de 9 meses investindo neste mercado, seja como afiliado, seja como produtor. Então, vamos a elas.

Anúncios:

Sabe aqueles resultados que aparecem em algumas buscas que você faz no Google ou mesmo algumas postagens, que você não sabe de onde vieram no seu Instagram, mas que apareceram escrito “ADS”, “ANÚNCIO” ou “PATROCINADO”?

Pois é, são anúncios! E funcionam da seguinte forma: alguém interessado em vender algum produto, serviço ou até mesmo só oferecer algum conteúdo gratuito, pagam para ter a exibição do seu anúncio. Enfim, é basicamente uma compra de “espaço publicitário”, tal como ocorre na TV e é muito conhecido no mercado de afiliados como: “Tráfego Pago”.

É a forma mais rápida e segura, umas das principais entre as 5 formas de vender muito como afiliado. Não existem formas melhores, nem piores, contudo, essa é a forma mais usada pelos grandes afiliados. Isso porque, caso uma campanha seja bem executada, ela gera um alcance de pessoas monstruoso, muitas vezes na casa das milhões de pessoas.

Em suma, veja o nosso artigo sobre Como Fazer Tráfego Pago e entenda um pouco mais como funcionam as ferramentas deste meio.

Orgânico:

Logo, se já falamos como vender mais como afiliado de forma paga, precisamos falar da forma orgânica. Porém é importante dizer que orgânico não significa 100% gratuito, significa apenas que o custo é o mais próximo de zero que as demais formas.

Primeiramente é relevante dizer que dentro de estratégias orgânicas, existem diversas técnicas e aqui vamos abordar somente algumas. Definitivamente, focaremos aqui nas formas que testamos e tivemos resultados.

Blog e Minisite:

São muito similares e consiste em criar blogs ou pequenos sites, utilizando ferramentas como o wordpress ou outras, para atrair um público que está no momento mais propício de compra: quem está buscando referências ou produtos no Google.

Em conclusão, nesta estratégia, você produz conteúdo através de artigos com as melhores técnicas de SEO (termo usado para definir técnicas de escrita para a internet que fazem os conteúdos serem encontrados mais facilmente) possíveis, com a intenção de colocar o máximo as suas páginas no topo das buscas.

Simultaneamente nos artigos você faz reviews de produtos que é afiliado e diz se funcionam, os benefícios e tudo mais.

Redes Sociais:

Olhando assim à primeira vista, trata-se da forma mais utilizada pela maioria dos afiliados. Consiste em criar perfis sociais em mídias como Facebook e Instagram, abastecendo de conteúdo e postagens que falam sobre o nicho dos produtos que se deseja vender.

Juntamente com os anúncios, nas mesmas mídias, pode compor uma estratégia interessante para vender mais como afiliado. Por outro lado, é muito confundido com a estratégia de se fazer anúncios.

Por isso, lembre-se: Redes Sociais é uma estratégia orgânica, mas anúncios nas redes sociais não.

Youtube:

Por fim, resolvemos deixar por último, mas não menos importante, a estratégia de gerar conteúdos no Youtube como forma de vender como afiliado.

Neste caso você pode vender de duas formas: fazendo conteúdo comum para um canal criado por você, com foco no nicho escolhido. Do mesmo modo que pode criar vídeos de review de produtos que é afiliado, assim como na estratégia de Blog e Minisites.

Logo, vale ressaltar que você também pode usar técnicas específicas de SEO para Youtube, a fim de gerar um melhor ranking para seus vídeos e assim tendo mais acessos.

Estrutura Própria:

Enfim, chegamos a uma forma de vender mais como afiliado que ainda é pouco explorada. Talvez pelo trabalho, talvez pela falta de entendimento, porém posso te garantir que está forma praticamente dobra seus ganhos.

Logo depois de se afiliar, muita gente pega seu link de afiliado e sai divulgando, pois é a forma mais simples, de fato.

Antes de mais nada, se você faz assim, relaxe, é o que 99% faz e igualmente trás resultados, porém você pode construir uma estrutura própria e apenas usar o link de checkout do produtor, para jogar o tráfego para lá.

Resumindo, você vai construir uma zona de conversão que é sua, usando somente o link de pagamento do produtor.

Você pode usar, por exemplo, uma plataforma de criação de landing pages, como o Leadlovers, que custa na faixa de R$110,00 mensais para criar sua própria página de vendas.

Logo após, você pode, usando uma boa copy, atrair este cliente para um formulário de captura presente na mesma página, desta forma capturando o e-mail e o telefone do interessado.

Por fim, você ofertará automaticamente o link de checkout, usando o mesmo Leadlovers ou ferramentas de e-mail marketing gratuitas, como o MailChimp. Porém, desde já, terá umas informações muito úteis desse interessado, que se tornará um Lead e poderá entrar na sua automação de marketing digital.

Em conclusão, ainda que não conclua a venda, este lead irá compor a sua estratégia para o mesmo produto, tanto em períodos de promoção ou atualizações, quanto para outros produtos, do mesmo nicho, que você é afiliado.

Conclusão:

Definitivamente não há certo ou errado, mas do mesmo modo que algumas estratégias funcionaram para a gente, podem funcionar para você também.

Frequentemente nos perguntam que estratégias usamos para atingir os resultados acima como afiliados e a resposta é sempre a mesma: TODAS! Um bom exemplo é que você pode ter chegado a este artigo através de uma busca no Google, bem como um anúncio no Facebook ou através de uma postagem orgânica no nosso feed.

Só aí já falamos umas 3 ou 4 formas que explicamos aqui. Por outro lado, ainda nos consideramos sempre aprendizes e estar sempre testando é extremamente importante e, ao mesmo tempo, ouvindo quem sabe mais ainda. Por isso, separamos aqui algumas indicações de curso na área que já fizemos e podem ajudar muito. Antecipadamente, perceba que há valores variados, afinal, cada um tem a sua realidade.

Fórmula Negócio Online – Curso com mais de 130 mil alunos do especialista em marketing digital e mercado de afiliados Alex Vargas.

Tráfego OPA – Curso produzido pelo Joba, considerado um dos top afiliados do Brasil, com faturamento de cerca de 2 milhões por ano.

Viver de Negócio Online – Curso produzido pela Danki Code, uma grande produtores de cursos na área de desenvolvimento para web e marketing digital com mais de 100 mil alunos.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no linkedin