6 Formas de Ganhar Dinheiro como Designer Gráfico

No nosso curso de design para quem não é designer, recebemos muitas dúvidas dos alunos sobre formas de ganhar dinheiro como designer gráfico.

Afinal, não basta aprender a parte técnica, é importante saber como se vender, assim como quais ferramentas utilizar para isso.

Dessa forma, resolvemos escrever o artigo: “6 Formas de Ganhar Dinheiro como Designer Gráfico”. Um guia completo de como trabalhar nesta área.

O Mercado Atual e o Design Gráfico

Atualmente, com a redução contínua dos trabalhos gráficos impressos e a crescente transformação digital, muitos designers precisaram se reinventar.

Logo, é inevitável que na maior parte das demandas, o mercado atual e o design gráfico se cruzam no digital. Portanto, quando alguém chega para gente e pergunta: “em qual segmento do design gráfico devo me especializar?”. Nós respondemos: “no digital”, por exemplo, como um designer de experiência, o famoso UX designer (vamos explicar) ou um Social media designer.

6 formas de ganhar dinheiro como designer gráfico

Diríamos que hoje, na nossa opinião, 80% dos trabalhos, e bons trabalhos por sinal, estão no digital. Contudo, é importante que você entenda brevemente o que faz o designer gráfico em cada uma.

Design Gráfico em Nichos

Primeiramente, vamos ao mais óbvio das 6 formas de ganhar dinheiro como designer gráfico. O designer ainda é bem requisitado, mesmo em alguns meios não digitais, porém ele precisa atuar em um nicho específico e conhecê-lo muito bem.

No nosso curso, por exemplo, ensinamos como trabalhar como design gráfico em nicho cristão. Ou seja, um designer gráfico atuando focado para igrejas e ministérios. Afinal, este meio ainda é muito carente de profissionais qualificados.

Mas qual é a vantagem? Assim como em outros nichos, como a estamparia, produção de brindes e tudo mais, a vantagem é se diferenciar, fazer algo que poucos fazem, se destacar para pessoas que tem uma necessidade mais rara etc.

O design gráfico em nichos não é tão valorizado normalmente, mas quando um profissional se torna reconhecido, ele consegue cobrar de R$500,00 a R$1.500,00 por um projeto que talvez tenha uma complexidade menor, por já dominar um segmento.

Design para Web

De antemão, o design para web é talvez um dos mais antigos, dentre os novos segmentos do design gráfico, se é que podemos dizer assim.

No design para web, o designer constrói peças, ou projetos, para serem utilizados principalmente em: websites, sistemas, anúncios digitais e até mesmo aplicativos.

Contudo, aqui vale um adendo: ele não será responsável pela experiência que os usuários terão na navegação dos sites, sistemas e afins. Porém, caso o designer tenha essa capacidade, ele já se diferencia.

Acima de tudo é uma boa oportunidade de se trabalhar construindo sites, por exemplos, sem necessariamente dominar a programação ou precisar mexer em códigos infinitos. A média de ganhou aqui talvez suba um pouco mais.

As entregas variam entre R$150,00 para um simples banner de anúncio ou de topo de site, até R$2.500,00 para um site completo. Além disso, o designer gráfico pode usar plataformas que são construtores de sites, como o WordPress e Elementor, sem precisar de códigos.

Design de Games

Assim como no design para web, trabalhar com design de games também não requer saber programar, mas entender deste mercado e da experiência com jogos, é importante.

O mercado de games é um dos mais aquecidos e criar as artes dos jogos pode ser tornar bem lucrativo, assim como ser bem divertido, claro.

Nesse sentido, o Curso de Design de Games da Danki Code, é um dos mais reconhecidos do momento e ensinam como usar o Photoshop, além de outras ferramentas para criar cenários, personagens e muito mais.

Apesar disso, o design de games ainda é pouco explorado e tratado ainda como um nicho do design gráfico. Porém, os ganhos com projetos deste tipo, podem variar de R$500,00 a R$10.000,00, dependendo da experiência do profissional.

Design de Experiência (UX)

Frequentemente, se confunde design com web com design de experiência, alguns até evoluem para o outro. Porém, o designer de experiência, também conhecido como UX Designer é o responsável por construir a experiência dos usuários (UX = User eXperience).

No design de experiência, o profissional não se preocupa somente com as artes, mas também com as informações que são passadas, os formatos dos botões e até mesmo a solução que é entregue.

Assim como o design para web surgiu com a criação da internet, no final da década de 90, o design de experiência surgiu com outra grande mudança na história da indústria: os smartphones.

Juntamente com a expansão dos celulares inteligentes, surgiram os aplicativos que resolveram muitos problemas. Em outras palavras, o UX design utiliza conceitos de Design Thinking, um composto de técnicas de design pensadas para resolver problemas. Sendo assim, seu grande foco, pensar na satisfação e facilidade de quem está utilizando uma solução digital.

Em conclusão, quando se trata de mercado, esta é uma das 6 Formas de Ganhar Dinheiro como Designer Gráfico mais relevantes. Um bom UX designer pode trabalhar em grandes organizações e muitas vezes é extremamente inovador, tendo ganhos que podem variar de R$2.500,00 a R$10.000,00.

Social Media Design

Como resultado ainda da inclusão dos smartphones, surge também a disseminação das redes sociais e entradas das empresas nelas. Assim também o social media design.

Definitivamente, este foi um dos últimos conceitos a surgir, pois só com a entrada das empresas neste meio, elas puderam concluir: preciso de um designer gráfico que faça meu conteúdo.

mesa com social media trabalhando

Portanto, o Social Media Designer precisa conhecer não só de conceitos de design gráfico e saber manusear as ferramentas, mas também deve dominar estratégias e técnicas para as redes sociais, como: o que postar, quando e como criar legendas, hastags etc.

Por exemplo, uma das 6 formas de ganhar dinheiro como designer gráfico nas redes sociais, é sabendo fazer os criativos dos anúncios. Conhecer quais tipos de anúncios o Facebook Ads não aprova, a quantidade de texto ideal em uma imagem e muitos outros itens.

Logo, um profissional dessa área pode também ser chamado de Social Media e ter ganhos que podem variar de R$500,00 até R$5.000,00 com projetos.

Normalmente, os que ganham mais fazem uma prestação de serviço conhecida como “Gestão de Redes Sociais”, pensam no conteúdo, desenham, escrevem legendas, fazem anúncios e definem estratégias. Em suma, cobram por isso, entre R$500,00 e R$1.500,00 por cliente, podendo dessa forma, ter uma boa receita se acumular, por exemplo, 5 clientes.

Afiliado Digital

Por fim, chegamos então nesta última forma. Posteriormente falamos da difusão das redes sociais e dessa forma, surgem também as novas formas de ganhar dinheiro com a internet. Atualmente, umas das principais, é através da venda de info produtos.

O Afiliado Digital é um personagem do marketing de afiliados, que não necessariamente precisa ser um designer gráfico, porém, se for, pode ter muito sucesso.

Logo após se afiliar à venda de um curso ou solução digital, um bom designer pode construir artes para anúncios, criar perfis nas redes sociais e usar seu conhecimento em ferramentas de design para web. Tudo isso pode, por exemplo, ajudar a vender mais como afiliado.

Atualmente, temos vários designers como afiliados dos nossos produtos aqui na agência. O Gospel Creative Box, o Saúde Creative Box e o Odonto Creative Box, são pacotes voltados para eles, mas assim como compram, também vendem bastante como afiliados.

Em contrapartida, um bom designer gráfico, atuando como afiliado digital, pode trabalhar apenas para ter uma renda extra, pois não precisará entregar projetos para ninguém, além de si mesmo, nesta função.

Conclusão

Não existe melhor ou pior, apenas momentos em que uma das 6 formas de ganhar dinheiro como designer gráfico, vai estar melhor do que outra.

Dessa forma, o melhor conselho possível é: escolha um, se aprofunde, faça cursos e aceite projetos, mesmo que para isso tenha que cobrar um pouco menos no início. Só a experiência e seu portfólio poderão gerar mais trabalhos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email